quinta-feira, dezembro 28, 2006

Saudade...




Ultimamente esta palavrinha tem surgido na minha vida com uma velocidade estonteante. A cada canto, a cada esquina a encontro para me fazer lembrar de todos aqueles de quem eu gosto sinceramente e que estão longe.
Ana, amiga este post é para ti. Desde que te conheci naquele mes de Maio em Santiago do Cacém, descobri uma força da natureza (ou não fosses tu de Castro Verde).
Amiga, descobri agora, secalhar muito tarde, que tens passado uns maus momentos na tua vida, mas que eu sei que tu com a tua força estás a superar a cada dia que passa.


Sou um guardador de rebanhos

Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.


Pensar numa flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.


Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei da verdade e sou feliz.


Alberto Caeiro

Amiga este é para ti, que os teus pensamentos se tranformem em sonhos e que os sonhos se tranformem em realidade.

1 comentário:

Denso Azul disse...

Fiquei sem palavras... :-)
Que posso eu dizer!!?
O pior já passou, a minha força de vontade e o apoio incondicional que a minha família e todos os amigos me têm dado também tem sido muito importante para superar este mau bocado que já vai para 6 meses...
Deixo aqui o meu sincero agradecimento e um beijinho do tamanho do mundo...