terça-feira, outubro 13, 2009

Dois anos depois


O dia amanheceu calmo, com muito calor, coisa não muito vulgar para um dia de Outubro. Talvez fosse o milagre de Fátima, pois este dia era bastante especial, não fosse também o dia da última aparição.

Entre levantar, despachar, sair para apanhar ar e comer qualquer coisa, a manhã passou, entre "não estás nervosa?", "nem parece ela a noiva" e muitas outras exclamações de surpresa, pois parecia muito estranho eu estar tao calma num dia tão importante.

O tempo passou rápido! Cabeleireiro (obrigado calha!), maquilhagem, e finalmente o vestido! O vestido lindo que eu andava ansiosa por vestir, pois achava-me uma verdadeira princesa. Depois mais as fotos, o video, e o tempo a passar.

Ir para a greja, acompanhada pela minha irmã Zélia (tal como eu disse, sempre presente nos momentos mais importantes da minha vida), a minha madrinha, que se esforçou muito para não chorar, que eu vi. Lembro-me dos meus sobrinhos, lindos, e de me aperceber como tinham crescido, ou seria eu que estava a envelhecer??

O encontrar de pessoas que eu não via há anos: Paulo, Rogério e Zé, as saudades já apertavam, e fiquei muito contente de vos encontrar de novo; Mónica, há anos que não te via, e adorei reencontar-te, entre outras, que se me ponho aqui a falar de todas, nao saio daqui.

Ao chegar à igreja, as lágrimas a sair, os "meus" meninos formados à porta da igreja é uma imagem que eu nunca irei esquecer na vida, tal como o maginifico espetáculo que os MEUS amigos deram ao embelezar a cerimónia. Obrigado, Inês, Pedro (nunca vou esquecer o salmo, primo), Elsa, Sandra, Joana, José, Calha, Miguel, José Francisco, Gonches ( e se me esqueci de alguém peço desculpa), nunca irei esquecer este dia, muito por vossa causa.

Nunca irei esquecer a vossa prenda, linda que está na minha sala, e com a qual eu me lembro sempre de vocês, pois uns estão longe, outros nem tanto mas parece que sim.

Foi um dia excepcional, um dos mais felizes da minha vida, que passei com as pessoas de quem gosto muito, só superado pelo dia do nascimento da Mafalda.

Já se passaram dois anos, mas parece que foi ontem!

A minha irmã Marta, fez ontem 18 anos de casada, só queria que o meu durasse tanto tempo e fosse tão feliz como o dela.

Parabéns mana.


Bejos

Patrícia


3 comentários:

Rogério Charraz disse...

E foste uma verdadeira princesa!! Parabéns a ti e à mana.

E mais não digo porque quer me parecer que nos vamos ver em breve... ;)

Patrícia disse...

A sério primito??
Espero bem que sim.
Jokitas grandes

milita disse...

Muito giros...verdadeiros princepes!!!

pois é Patricia todos estamos indignados com a historia da maîte...mas ainda ha quem ache k eu é que sou a ignorante, k tenho faltade sentido de humor...isto foi um dos comentarios k recebi...
OBRIGADO POR TERES COMENTADO
BEIJO